AUMENTO DA INCIDÊNCIA DO CANCRO ORAL ASSOCIADO AO HPV

Um novo estudo realizado no Canadá mostra que a incidência de cancros associados ao vírus do papilloma humano (HPV), especialmente o cancro da orofaringe, cujo a incidência aumentou nos últimos anos na província de Alberta no Canadá.

cancro-oral


Entre outros aspectos, os investigadores concluiram que o aumento da incidência do cancro da orofaringe nos homens foi maior nos jovens Com o objetivo de identificar pacientes com cancro da orofaringe e outros tipos de cancro associados ao HPV, os investigadores da Universidade de Calgary analisaram o Registro de Cancro de Alberta, Canadá, (registro de todos os cancros diagnosticados na província entre Janeiro de 1975 e Dezembro de 2009).


Descobriram que 8.120 cancros associados ao HPV foram diagnosticados em Alberta no período de 35 anos. O cancro da orofaringe totalizou 18% dos casos. 

Embora o maior número de casos tenha ocorrido no grupo dos 55-74 anos, o maior aumento percentual de cancro da orofaringe ocorreu em pacientes mais jovens com idade inferior a 45 anos. Para esse tipo de cancro, o aumento da incidência nos homens foi o dobro do que nas mulheres.

Tendências similares em incidências de cancro oral relacionados com o HPV foram confirmadas por diversos estudos Um estudo realizado nos Estados Unidas e publicado em novembro 2013 mostrou que as taxas de incidência desse tipo de cancro aumentaram significativamente no mundo entre 1983 e 2002.

Nos homens e em particular os com idade inferior a 60 anos, a incidência de câncer de orofaringe foi a que mais aumentou. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer dos EUA, as infecções de HPV são comumente transmitidas sexualmente no país. Mais da metade das pessoas activas sexualmente são infectadas com um ou mais tipos de HPV em algum momento da vida.




Tópicos relacionados

Tráfico Semanal