Câncer infantil e saúde bucal




As crianças e adolescentes pacientes do Hospital do Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer -- GRAACC recebem o apoio necessário para combater o câncer e os impactos que o tratamento da doença podem causar. A quimioterapia e a radioterapia, por exemplo, podem afetar diversas partes do corpo, inclusive a boca.

Um recurso utilizado nos pacientes do GRAACC como forma de tratamento da mucosite é a Laserterapia de Baixa Intensidade (LBI). A tecnologia permite o alívio de dores, a aceleração na cicatrização e auxilia a redução do processo inflamatório.

Para promover a saúde bucal, os profissionais do GRAACC orientam pais e pacientes em como obter uma higiene oral adequada. "A mudança de hábito é fundamental para manter a boca saudável e minimizar os efeitos do tratamento do câncer, como a mucosite oral", afirma Juliana Rojz, dentista do GRAACC.


Quando associada à higiene oral pouco eficiente, o tratamento oncológico resulta, ainda, em outras complicações como a alteração na produção de saliva, o que acarreta na secura bucal e consequentemente o aumento do número de cáries, pois é a saliva que protege os dentes. Neste caso, é necessário aplicar uma saliva artificial em forma de spray ou de gel. Além disso, a quimioterapia causa uma grande frequência de vômitos, isso também pode explicar o aumento da acidez. "Acontece principalmente em pacientes que são submetidos às sessões de radioterapia e sofrem radiação na cabeça e no pescoço, regiões próximas à boca", relata a dentista Camila Carrillo.

O setor de Odontopediatria do GRAACC ainda participa da Equipe Multidisciplinar de Terapia Nutricional -- EMTN, grupo de profissionais que exercem treinamentos específicos para a prática da Terapia Nutricional. O intuito é fazer um acompanhamento adequado ao paciente em tudo o que pode influenciar a saúde da boca, principalmente na identificação daqueles que apresentam maior risco de mucosite oral e atuar de forma diferenciada para que o ciclo do tratamento não seja afetado e o câncer possa ser tratado dentro dos prazos estipulados. O GRAACC é um dos únicos hospitais a ter a colaboração também dos especialistas de Odontologia nesta equipe.

Por reconhecer a importância da saúde bucal e os impactos que o tratamento do câncer pode causar na região da boca, o Hospital do GRAACC possui um serviço de Odontologia especializado e integrado por duas dentistas e uma auxiliar que acompanham e tratam regularmente os pacientes, tanto no consultório odontológico, como nas enfermarias, unidade de cuidados especiais e terapia intensiva.


Artigos Relacionados

Tráfico Semanal