PDF: Angina bolhosa hemorrágica - uma revisão de 14 casos

A angina bolhosa hemorrágica (ABH) é uma desordem de etiologia desconhecida caracterizada pela formação aguda de bolhas de conteúdo sanguíneo na mucosa bucal e orofaríngea.

Angina-bolhosa-hemorragica


As lesões são subepiteliais, indolores, assintomáticas e ocorrem mais comumente no palato mole. Não são atribuídas a discrasias sanguíneas, doenças sistêmicas ou desordens vesiculobolhosas.

Trauma local parece ser o maior fator predisponente, mas outros fatores, como o longo tempo de uso de esteroides inalatórios e diabetes mellitus, também podem ser contribuintes.

► Leia também: PDF: Manifestações bucais em pacientes portadores de Diabetes Mellitus: uma revisão sistemática

As bolhas são geralmente desenvolvidas durante as refeições e curam espontaneamente sem a formação de cicatriz em sete a dez dias. A frequência e duração com que ocorrem os episódios variam consideravelmente entre os pacientes. 

Ambos os sexos são igualmente afetados e a desordem é característica de pessoas mais velhas. A lesão nunca foi documentada em crianças com menos de dez anos de idade.

Embora muitos casos de ABH não requeiram tratamento, possíveis causas devem ser removidas. Algumas lesões podem causar obstrução aguda das vias aéreas, produzindo no paciente a sensação de sufocamento.

O objetivo do presente trabalho é revisar quatorze casos de angina bolhosa hemorrágica observados num serviço de estomatologia durante um período de três anos.



Tráfico Semanal

ANF

Get our newsletter