ORTODONTIA PDF: Etiologia das Más Oclusões - Causas Hereditárias e Congênitas

O capítulo que aborda a etiologia das más oclusões torna-se polêmico, uma vez que toda má oclusão apresenta uma origem multifatorial e não uma única causa específica.

ortodontia


Uma interação de vários fatores pode influenciar o crescimento e o desenvolvimento dos maxilares suscitando em más oclusões. O conhecimento destes fatores caracteriza o capítulo da etiologia das más oclusões que deve ser de domínio do clínico geral, do odontopediatra e do ortodontista.

► Leia também: PDF: MORDIDA CRUZADA POSTERIOR: Pistas Diretas Planas para o tratamento

De acordo com vários pesquisadores da metade do século, um em cada quatro indivíduos apresentava má oclusão que requeria um tratamento ortodôntico.

Atualmente essa incidência tem aumentado progressivamente alcançando um número preocupante para a população. Este fato deve-se principalmente à evolução do homem, na escala filogenética, em relação ao desenvolvimento craniofacial, aos hábitos alimentares e sociais e à miscigenação racial.

Com a redução do tamanho da face e dos maxilares o espaço para acomodar todos os dentes torna-se limitado, conseqüentemente, o último dente de cada série tende a desaparecer (terceiros molares, segundos pré-molares e incisivos laterais). Isto não ocorre repentinamente pois trata-se de um processo delongo e de caráter hereditário que passa de geração para geração onde a primeira apresenta um dente com forma anômala (microdontia) e posteriormente alguns de seus sucessores já não mais possuirão este dente.

Tráfico Semanal