PDF: Púrpura Trombocitopênica Idiopática: importância do cirurgião-dentista no diagnóstico

As discrasias sangüíneas podem causar manifestações bucais importantes. Uma delas é a púrpura trombocitopênica, desordem caracterizada pela destruição anormal das plaquetas circulantes.

Púrpura-Trombocitopênica-Idiopática



As púrpuras trombocitopênicas são doenças que levam à redução da contagem plaquetária por meio da ligação de anticorpos nas plaquetas, com conseqüente redução da sua vida média. 

► Leia também: PDF: As principais lesões enegrecidas da cavidade oral

O número de plaquetas considerado normal para adultos varia de 100.000 a 400.000/mm3. 


Em casos de pacientes portadores de púrpura trombocitopênica, os exames laboratoriais geralmente revelam uma contagem de plaquetas circulantes abaixo de 50.000/mm3 de sangue.

Quando não se identifica qualquer etiologia, classifica-se a púrpura trombocitopênica como primária, ou púrpura trombocitopênica idiopática (PTI). Na presença de fatores etiológicos ou de outra doença associada, consideram-se as púrpuras trombocitopênicas secundárias.



Tráfico Semanal