NOTIDENTAL: Documentário da Netflix orienta retirada de dentes e deixa dentistas em pânico


Filme ‘A Raiz do Problema’ espalha informações falsas ao associar tratamento de canal com câncer e outras doenças.



Se você tiver câncer ou doenças autoimunes, olhe para sua boca e arranque seus dentes. Parece extremo, mas é o que indica um documentário novo na Netflix que deixou dentistas de cabelo em pé. Os especialistas acusam a obra de ser antiética e nociva para pacientes ao espalhar informações falsas.


O documentário “A Raiz do Problema” (“Root Cause”, no original) começa com declarações fortes. “Não há nenhum ramo da medicina no qual um órgão morto é deixado no corpo, exceto na odontologia, com tratamento de canal. Quando um dedo está gangrenado, ele tem que ser amputado”, diz uma das pessoas consultadas no filme. “Se você acha que pode ignorar um dente infectado e tóxico, e não ter consequências sistêmicas, acho que você está se iludindo”, diz.

Segundo os entrevistados no filme, o tratamento de canal pode causar câncer, problemas mentais e cardíacos, ataques de pânico, fadiga, infecções nos rins e na bexiga, artrite e por aí vai. Assim, a melhor maneira de resolver doenças seria arrancando os dentes com tratamento de canal —ou, melhor ainda, evitar fazer o tratamento de canal e arrancar o dente problemático.

Em uma determinada parte do documentário, uma das pessoas entrevistadas chega a dizer que um paciente foi curado de câncer de garganta após extrair dentes e usar homeopatia.

Faculdade de Odontologia
Universidade de São Paulo



No hay comentarios