PDF: Aumento de coroa clínica para restabelecimento das distâncias biológicas com finalidade restauradora – revisão da literatura


Em situações clínicas nas quais se observam preparos com términos subgengivais, nem sempre se consegue realizar procedimentos restauradores condizentes com o desejado pelos padrões técnicos e biológicos. 



Para ser considerado satisfatório, todo o tratamento dentário deve obedecer a princípios mecânicos, estéticos e biológicos. Para atender esses requisitos, a cirurgia de Aumento de coroa clínica tem sido amplamente realizada, promovendo o aumento do tamanho da coroa clínica acima da crista óssea alveolar, permitindo, assim, a realização mais adequada de tratamentos restauradores, sejam por restaurações diretas, sejam por meios protéticos. 

Os procedimentos cirúrgicos para aumento de coroa clínica compreendem a excisão de tecidos moles através de gengivectomias e/ou gengivoplastias ou remoção de tecido ósseo através de osteotomias e osteoplastias (técnicas a retalho) visando o restabelecimento do espaço biológico, compreendido pelo epitélio do sulco, epitélio juncional e inserção conjuntiva. 

Detalhada avaliação do estado de saúde geral do paciente deve ser feita previamente à realização do procedimento a fim de promover um melhor controle de infecções. É importante salientar que existem cuidados a serem seguidos no pré-operatório, durante o ato cirúrgico e também no pós-operatório, culminando com o sucesso clínico.

Marcos Rissato - Micheline Sandini Trentin
RFO, Passo Fundo, v. 17, n. 2, p. 234-239, maio/ago. 2012

► Mais de Aumento de Coroa Clínica:


► Livros de Cirurgía Oral e Periodontia:







No hay comentarios