PDF: Atendimento odontológico em pacientes com Hemofilia e Doença de von Willebrand

Os pacientes com coagulopatias podem negligenciar sua saúde bucal devido ao medo de sangrar durante a escovação dental e o uso do fio dental.

Hemofilia-von-Willebrand


Tal negligência pode aumentar o risco de gengivite, periodontite e cárie. Os profissionais de Odontologia devem estar cientes do impacto das desordens sanguíneas no tratamento dental dos seus pacientes, visto que os cuidados profiláticos, restauradores e cirúrgicos dos pacientes com coagulopatias são mais bem realizados pelos clínicos que têm conhecimento sobre a patologia, as complicações e as opções do tratamento associadas com estas circunstâncias. 

► Leia também: PDF: Cisto dentígero: modalidades de tratamento

O reconhecimento inicial de uma desordem sanguínea, que possa indicar a presença de um processo patológico sistêmico, pode ocorrer durante a prática dental.

É importante que o cirurgião-dentista realize uma boa anamnese, além de uma boa avaliação clínica do paciente. 

Uma vez que desconfie de algo, deve solicitar exames hematológicos (hemograma e, principalmente, coagulograma) ao paciente antes de realizar qualquer tratamento.

De posse dos resultados, na observância de algum padrão de anormalidade, o paciente deve ser imediatamente encaminhado a um hematologista.



Tráfico Semanal

ANF

Get our newsletter