PDF: Fossetas congênitas de lábio inferior: relato de caso


As fossetas labiais são mal formações, que levam a comprometimento predominantemente estético e que isoladamente geram a poucas complicações.


O primeiro relato de caso data de 1845, por de Marquay, em um paciente com duas depressões nas partes laterais da linha média do lábio inferior, pelas quais escoava constantemente um líquido viscoso e transparente.

PDF: Artigos de Cirurgia BucoMaxilofacial - Para compartilhar e baixar GRÁTIS

Em 1860, outro caso foi documentado por Murray na Inglaterra, que descreveu as fossetas como "duas pequenas bolsas ou depressões". 

Rose, em 1868, as descreveu como uma má formação e nomeou-as de "fístula congênita do lábio inferior".


Este trabalho se destina ao relato de caso de um paciente acompanhado pelo serviço de CTBMF do Hospital Santo antônio, portador de fossetas labiais paramedianas bilaterais.








Dentística