QUEILITE ACTÍNICA: Um estudo de 35 casos com destaque para os aspectos morfológicos


A queilite actínica (QA) é uma alteração crônica, pré-maligna, resultante da exposição solar frequente e prolongada. Afeta principalmente o lábio inferior de pessoas idosas, do sexo masculino e de pele clara.



Sabendo- se que a QA é influenciada pela radiação solar e que ao nosso conhecimento não existem dados clínicos e histológicos dessa lesão no Nordeste do Brasil, o presente estudo analisou uma série de 35 casos de QA na população dessa região brasileira. 

As lâminas referentes a cada caso foram coradas pela técnica da hematoxilina e eosina (HE) e analisadas por microscopia de luz, sendo descritos os aspectos morfológicos das lesões.

Os dados clínicos foram obtidos a partir das fichas de solicitação do exame anatomopatológico. Dos 35 casos de nossa amostra, 60% representou o sexo masculino. A idade média foi de 54,6 anos. A maioria dos pacientes era leucoderma. As lesões de QA caracterizavam-se por epitélio pavimentoso estratificado exibindo graus variáveis de queratinização. Elastose solar esteve presente em todos os casos.

ARTIGO RECOMENDADO
uma revisão de 14 casos


► Mais de Medicina Oral: